CÁRIES...CAUSAS...TRATAMENTO E PREVENÇÃO...

#UnidosSomosMaisFortes

10/09/2016

Doença geralmente está relacionada a uma dieta rica em carboidratos e açúcares, associada à falta de cuidados com a higiene da boca


Caracterizada pelo ataque de bactérias ao esmalte do dente — o tecido mais resistente e com mais minerais do corpo —, a cárie é uma doença provocada por um desequilíbrio na flora bucal. Geralmente está relacionada a uma dieta rica em carboidratos e açúcares, associada à falta de cuidados com a higiene da boca. Em casos extremos, pode acarretar na perda dos dentes.

COMO IDENTIFICAR



Pequenas manchas brancas são o primeiro sinal, indicando que o esmalte dentário está sendo atacado. Consulte um dentista caso perceba algo diferente. A cárie pode evoluir e se aprofundar entre as camadas do dente: primeiro ataca a dentina e, posteriormente, a polpa. Nesse estágio, o paciente pode sentir dor e sensibilidade ao frio ou a doces. Quando muito evoluída, mesmo sem estímulo algum, ela provoca dores.



Como fazer uma higiene bucal adequada

COMO PREVENIR

Manter uma boa higiene bucal e uma dieta com consumo moderado de açúcares e carboidratos é a melhor forma de evitar as cáries. É necessário escovar os dentes após todas as refeições usando escova adequada, creme e fio dental. Utilizar flúor também é uma medida que fortalece o esmalte, mas deve ser orientada por um profissional. Consultas com um cirurgião-dentista também devem ser rotineiras.

Formação da cárie

COMO TRATAR

Quando a cárie já está instalada, é necessário fazer a remoção do tecido afetado. Se houver cavidades, o profissional precisa fazer restaurações. Casos graves podem exigir a remoção completa do dente


Quando a cárie já está instalada, é necessário fazer a remoção do tecido afetado. Se houver cavidades, o profissional precisa fazer restaurações. Casos graves podem exigir a remoção completa do dente.

Postar um comentário