REMÉDIO PARA ESCLEROSE MÚLTIPLA APROVADO PELO INFARMED...

29/09/2914


Melhora a marcha dos pacientes.
O fampridina, um medicamento que melhora a marcha de doentes com esclerose múltipla, foi aprovado pela Autoridade Nacional do Medicamentos (Infarmed), indica a Biogen Idec, laboratório responsável pela produção. 


O valor do tratamento mensal (1 comprimido 2 x ao dia) é de 177,15 euros por mês, sendo comparticipado a 100% e dispensado apenas em regime hospitalar. O remédio tinha sido aprovado pela Agência Europeia do Medicamento em 2011 e há dois anos estava em avaliação no Infarmed. 

Em junho deste ano, como o DN noticiou na altura, chegaram à Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla duas queixas de doentes que viram o pedido de Autorização de Uso Excecional (AUE) recusado pelo hospital onde estavam a ser seguidos. Um deles optou por ser consultado num hospital privado e com isso teve acesso ao medicamento, embora tivesse de o pagar na totalidade: mais de 600 euros a embalagem

A AUE é a solução para aceder a medicamentos que não estão aprovados. Entre janeiro de 2013 e junho deste ano o Infarmed recebeu 24 pedidos da uso do fampridina. Destes, 14 tinham sido aprovados. 

Segundo os ensaios clínicos, que serviram para a provação do medicamento por parte da Agência Europeia, os doentes que responderam ao fampridina apresentaram uma melhoria na velocidade de marcha superior a 25%. Esta é uma das principais queixas dos doentes com esclerose múltipla.

FONTE:http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=4152119


Postar um comentário